Agostinho Neto

Chimurenga and Hangar present RADIO MAC

Chimurenga and Hangar present Radio MAC,  a programme curated by Sonia Vaz Borges and Monica de Miranda – live on PASS 14-21 June 2021, 6pm.

Radio MAC is a reimagining of the radio organ of the Anti Colonialist Movement (MAC) founded by students and revolutionaries such as Marcelino dos Santos, Mario de Andrade and Aquino de Braganca in 1957 in Paris, in collaboration with Neto, Cabral and other nationalists in Lisbon.

Programming consists of eight episodes on the role of radio and more broadly, sound, in the African liberation struggle against Portuguese colonialism, along with stories of migration. The constructed dialogues include music, speech, poetry, and performance.

Participants include: Raquel Lima, Telma Tvon, Carla Fernandes, Marinho Pina, Chalo Fernandes, Galissa, DJ Lucky, and Victor Gama.

Radio MAC is part of Chimurenga’s ongoing research on the aeasthetics and politics of radio in Africa’s liberatory struggles.

[Photograph: Mário Soares Foundation / DAC – Amílcar Cabral Documents]

===

Sónia Vaz Borges is an interdisciplinary militant historian and social-political organizer. She is currently a researcher at Humboldt University Berlin in the History of Education Department and is working on the project “Education for all” with a special focus on Mozambique and the FRELIMO liberation movement, and the Sandinistas revolution in Nicaragua.

Mónica de Miranda is a Portuguese artist of Angolan origin who lives and works between Lisbon and Luanda. Artist and researcher, her work is based on themes of urban archaeology and personal geography. She works in an interdisciplinary way with drawing, installation, photography, film, video and sound, in its expanded forms and within the boundaries between fiction and documentary. She co-founded the Hangar project (Artist Residency Centre, Lisbon, 2014).

 


 

Chimurenga e Hangar apresentam a Rádio MAC, com curadoria de Sónia Vaz Borges e Mónica de Miranda – a Rádio MAC é inspirada no Movimento Anti-Colonialista (MAC) fundado por estudantes e revolucionários, como Marcelino dos Santos, Mário de Andrade e Aquino de Bragança, em Paris, no ano de 1957, com colaboração de Neto, Cabral e outros nacionalistas em Lisboa.

A Rádio MAC é um projeto especulativo que repensa o papel da rádio neste movimento. A programação consiste em 8 episódios que discutem o papel da rádio, e de uma forma mais ampla, do som, na luta africana pela libertação do colonialismo português, em paralelo com histórias de migração.

Procura construir uma consciência das lutas do passado e do presente e redefinir a luta de libertação para um lugar e tempo atual, através do processo de memória, resistência e utopia. Na Rádio MAC, os diálogos desenvolvidos incluem música, discurso, poesia e performance.

Os participantes incluem: Raquel Lima, Telma Tvon, Carla Fernandes, Marinho Pina, Chalo Fernandes, Galissa, DJ Lucky e Victor Gama

A Rádio MAC é parte da pesquisa em andamento de Chimurenga sobre a estética e a política da rádio nas lutas de libertação em África.

[Foto: Fundação Mário Soares / DAC – Documentos Amílcar Cabral]

===

Sónia Vaz Borges é uma historiadora interdisciplinar militante e organizadora sócio-política. Actualmente é investigadora na Universidade Humboldt de Berlim no Departamento de História da Educação no projecto “Educação para Todos” onde particularmente em Moçambique e o movimento de libertação FRELIMO, e a revolução sandinista na Nicarágua.

Mónica de Miranda é uma artista portuguesa de origem angolana que vive e trabalha entre Lisboa e Luanda. Artista e investigadora, o seu trabalho é baseado em temas de arqueologia urbana e geografias pessoais. Trabalha de forma interdisciplinar com desenho, instalação, fotografia, filme, vídeo e som, nas suas formas expandidas e nas fronteiras entre a ficção e o documentário. É uma das fundadoras do projeto Hangar (Centro de residências artísticas, Lisboa, 2014).

 

Category: News, Pass Blog, Pass Radio | Tags: , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment